Micro e Minigeração

Hoje face à nova legislação do Auto consumo publicada no passado mês de Outubro de 2014, quer seja a vivenda, habitação, comércio, pequena ou grande empresa pode produzir grande parte da sua energia usando a tecnologia fotovoltaica alimentada pelo bem endógeno o SOL. O AUTOCONSUMO desde que bem dimensionado é um investimento de medio prazo com efeitos de retorno no curto prazo, num produto com uma vida útil superior a 25 anos.

Vantagens sócio-económicas

-Desenvolvimento de uma indústria de serviços de energia. Com a criação de centenas de postos de trabalho em instalação e manutenção.
-Criação de fileiras industriais. Várias fábricas já em construção.
-Área com elevado potencial de inovação e de exportação. Área com enorme potencial de crescimento e inovação a nível mundial.
-Melhoria na balança comercial nacional. Efeito na importação de energia e redução do pagamento de direitos de emissões de Co2.

Vantagens para os cidadãos

-Redução da factura energética dos cidadãos. Até 3000 euros de redução anual da factura energética e recuperação do investimento médio inicial de 15.000 euros num período de cinco anos.
-Contribuição individual dos cidadãos para os objectivos de política energética e ambiental. Participação e sensibilização dos cidadãos para a produção de energias renováveis e para a redução das emissões de gases de efeito estufa.
-Sensibilização dos cidadãos para as questões de sustentabilidade.